quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Montevideo

Chegamos em Montevideo pela noite, e tivemos uma boa impressao da cidade logo de início, estava um pouco frio mas saimos caminhando procurando um hotel ou hostal.
Depois de duas horas caminhando, passamos por muitos hoteis e todos muito caros, em media de 50 dolares por pessoa, e só tinha um hostal que era daquele El Lagarto que é um lixo... e tava mais caro que um hotel de verdade de 3 estrelas. Nao recomendo nada.
Entao depois de caminhar mais de 2 horas com as mochilas nas costas, pegamos um onibus para voltar a praca e pagar um hotel caro mesmo, pois o cansaco tinha ganho. O onibus parou justo em frente a um hotel que nao tinhamos parado, e ele era apenas de uma estrela, entramos e o preco de 25 dolares, fomos ate nosso quarto e ate que estava tranquilo, ficamos por 2 dias ai e estava realmente tranquilo.

Demos uma boa volta por Montevideo, a cidade é realmente tranquila e esta muito bonita, mas tem um problema, a comida é muito mais cara que a brasileira e se forem comer uma pizza, desistam, o que eles chamam de pizza é uma massa com molho sem queijo nem nada. Quando a comida de Montevideo eu recomendo fazer o proprio lanche comprando em algum supermercardo os ingredientes.

Fora a parte da comida e hotel esta muito bem, o centro é grande, tudo é bem organizado e esta bem limpo, andar de onibus é tranquilo.

No final fomos até a rodoviaria e compramos uma passagaem para Buenos Aires indo por Carmelo aonde pegariamos o barco que atravessaria el Rio de la Plata hasta Buenos Aires.

No barco já, sentou do nosso lado um gringo do tipo argentino e eu logo puxei um papo, seu nome era Diego e deu várias dicas sobre Buenos Aires, ainda me apresentou o chimarrao, e eu realmente gostei, muitas pessoas pelo Uruguay e Argentina tomam o chimarrao. Saindo do barco Diego se despediu de mim e de Laura e ainda me deu 1kg do mate que ele considerava o melhor, mate Canarias de Brasil. Agora só falta a minha garrafa térmica.

Agora em Buenos Aires....

Nenhum comentário:

Postar um comentário